Fluxo Soluções
 / setembro 2021

Case de sucesso: implantação de gasoduto com tubulação flexível no Amazonas

Por Eduardo Lavigne

Em 2012, FlexSteel forneceu 105 km de tubulação flexível de alta qualidade para a Petrobras em Urucu, que garantiram o escoamento dos campos de petróleo e gás próximos à Bacia do Rio Solimões, no Amazonas. O gasoduto foi instalado dentro da Floresta Amazônica, em um ambiente sensível de floresta tropical.

Um ponto imperativo do projeto foi limitar o desmatamento durante a instalação, minimizando o impacto ambiental e mantendo o desenvolvimento com a construção ao longo do gasoduto. A Petrobras precisava garantir que a nova tubulação pudesse resistir aos efeitos corrosivos do gás produzido, mantendo a confiabilidade da vazão. Além disso, a solução precisava ser instalada diretamente em terreno acidentado com complexidade de construção mínima.

A solução: implantação de tubulação flexível

A FlexSteel recomendou uma tubulação  flexível - com alma de aço e revestimentos em polietileno de alta densidade - de 6” e 2.250-psi (155 bar), projetada para resistir aos efeitos corrosivos do gás. A solução foi substancialmente melhor do que se fosse em tubos de aço, sendo instalada de forma eficiente com o mínimo de impacto possível, com otimização de maquinário e menor efetivo. Além disso, a FlexSteel desenvolveu um plano para treinar os funcionários da Petrobras sobre as melhores práticas para manusear o tubo e conexões usando processos próprios.

O resultado: agilidade na instalação e menor impacto ambiental

Três equipes concluíram a instalação da linha de gás produzida de 105 km em apenas quatro meses, uma redução de 65% de tempo em comparação com aço carbono.

O exterior e camadas internas do tubo flexível FlexSteel forneceram ao operador um gasoduto que garantiu o escoamento da produção. Usando equipes menores, reduzindo equipamentos e concluindo a instalação de forma ágil, a solução FlexSteel gerou um ganho substancial à Petrobras. Além disso, o desmatamento foi limitado durante a instalação, o que minimizou o impacto ambiental ao longo da faixa de domínio. Por fim, dado que a tubulação FlexSteel não exige manutenção corriqueira, a Petrobras permitiu que o retorno da vegetação fosse pleno. A FLUXO representa a FlexSteel de forma exclusiva no Brasil.

Outras Publicações